Código: 120

Desfibrilador Externo Automático (DEA) Life 400 Futura- CMOS Drake

Marca: CMosDrake Modelo: Life 400 Futura Disponibilidade: Disponível em 10 dias úteis


Por:
R$ 6.543,00

à vista R$ 6.084,99 com desconto
ou 6x Sem juros de R$ 1.090,50
 
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

Projetado para ser utilizado por leigos e semileigos no tratamento de emergências cardíacas, o DEA CMOS DRAKE orienta o usuário durante o atendimento por meio de mensagens de texto e voz.

Desfibrilador Externo Automático é compacto, leve, portátil, microprocessado, adaptável a qualquer paciente, de tamanho reduzido, que opera com tecnologia de onda bifásica exponencial truncada.

Normas técnicas
NBR IEC 60601-1-1:2010 + Emenda IEC 2012,
NBR IEC 60601-1-2:2010, NBR IEC 60601-1-6:2011,
NBR IEC 60601-2-4:2014, NBR ISO 14971-2009,
NBR ISO 9001-2008, NBR ISO 13485-2004

Certificações Relevantes Certificação de Produto - INMETRO
Aplicável a cada módulo:
Grau de proteção contra choque elétrico SPO2 - Parte aplicada de tipo BF à prova de desfibrilação
DEA – Parte aplicada de tipo CF à prova de desfibrilação
Proteção contra penetração nociva de água IP56
Grau de segurança de utilização em presença de Equipamento não adequado ao uso na presença de mistura
mistura anestésica inflamável inflamável com ar, O2 e N2O.
Modo de operação
Modo de operação não Continuo:
Ciclo de operação:
ON máx. - Carga capacitor: 6 segundos
OFF Intervalo min. entre os disparos: 30 segundos.
Carregador de Bateria
Entrada: 100 – 240 VAC/ 50 – 60 Hz
Saída: 12,6VDC - 800mA
Combinação do Carregador com o equipamento compõe um sistema.
Tipo: Lithium-Polymer (LI-PO) recarregável,
11,1 VDC, 2200mAh
Alimentação Interna (bateria interna) Tempo de carga completa da bateria
(completamente descarregada): 4 horas
Temperatura +10ºC a +60ºC
Meio utilizado para separação do equipamento da rede elétrica Plugue de rede
Tempo Máximo Cumulativo de Exposição operador/paciente ao equipamento. 
Tempo máximo de exposição: aproximadamente 6 horas (duração da bateria).
Grau de proteção contra choque elétrico Energizado internamente quando em operação e classe II
quando a bateria está sob carga.
Gravação de Dados em Memória Interna (2GB). Capacidade de gravação de dados por toda a vida útil do
equipamento sem que seja necessária a transferência.
Temperatura de Operação 10°C a 40°C
Umidade de Operação 30% a 75%
Pressão Atmosférica de Operação 700 hPa a 1060 hPa (525 mmHg 795 mmHg)
Temperatura de Armazenamento 0 a 50 ºC.
Umidade de Armazenamento 10 a 95%, sem condensação.
Faixa de temperatura ambiente de 0º a + 50º C;
Faixa de umidade relativa de 10% a 95%;
Faixa de pressão atmosférica de 700 hPa a 1060hPa
(525mmHg a 795mmHg).
Condições de Transporte Empilhamento máximo de 5 caixas.
Transportar na caixa original do equipamento.
A CMOSDRAKE, não garante e não se responsabiliza por
qualquer dano que ocorra ao equipamento que for
transportado ou armazenado em outra embalagem.
Dimensão 295 x 225 x 155 mm
Peso Aproximadamente 1,9Kg
Acompanha os seguintes Acessórios:
01 jogo de eletrodos (pás) auto-adesivas adulto, 
bolsa para transporte 
manual do usuário  
certificado de garantia.

Bateria

Mais de 5 horas consecutivas de monitoramento ou até 200 choques de 150 joules. 
Aviso sonoro e luminoso de nível baixo de bateria, que dura até 20 minutos de monitoramento ou 15 choques

 

REGISTRO DEFINITIVO NO MINISTÉRIO DA SAÚDE Nº. 80058130008

 


 

O DEA (Desfibrilador Externo Automático) é um equipamento microprocessado que faz a leitura do ECG do paciente, visando qual a parte da curva do batimento do coração deverá ser corrigida, sempre informando ao operador o que ele deve fazer através do alto-falante. Este aparelho é alimentado eletricamente com baterias, sendo portátil. Essas baterias alimentam uma fonte de alta tensão, e que enviam energia para um capacitor que armazena essa energia, aguardando um comando do microprocessador para ser disparada para as pás externas. A intensidade do pulso elétrico é influenciada por dois fatores, primeiro a carga do capacitor, segundo a resistência da pele (massa corporal). Alguns modelos ainda possuem um microfone, que grava todo o som externo do que está acontecendo no momento da emergência, podendo ser verificado posteriormente, juntamente com o diagnóstico de ECG do paciente e do pulso elétrico enviado.

Desfibrilador Externo Automático (DEA) é um aparelho de fundamental importância no tratamento imediato das vítimas de parada cardiorrespiratória (PCR) em ambiente extrahospitalar.
A partir do início da PCR, a cada minuto a chance de viver das vítimas diminui 10%, e se a parada for pela arritmia fibrilação ventricular, elas só serão salvas pelo procedimento de desfibrilação, sendo o DEA fundamental para o rapidamente necessário tratamento.
Experiências nos EUA e na Europa mostram a importância do DEA em locais de grande circulação de pessoas, como no aeroporto de Chicago: a utilização do DEA aumentou a sobrevida das vítimas de PCR de 2% para 56%. Descrição:É imperiosa a presença do DEA em locais de grande circulação de pessoas, como aeroportos, rodoviárias, estádios de futebol, shopping centers, ginásios esportivos e hotéis. Este trabalho pesquisa quais locais de grande circulação de pessoas na cidade de João Pessoa-PB possuem DEA e se possuem equipe treinada para realizar pronto atendimento das vítimas de PCR com utilização do aparelho.
A ausência do DEA nos estabelecimentos da cidade é fator fundamental para o aumento da mortalidade em vítimas de PCR extra-hospitalar necessitando-se aquisição do DEA por estabelecimentos públicos e privados, bem como
incentivar projetos de extensão universitária para a capacitação de funcionários dos estabelecimentos visando prestar melhor atendimento de SBV, incluindo desfibrilação através do DEA.

 

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características


RECEBA NOSSA NEWSLETTER Cadastre seu e-mail para receber ofertas exclusivas da Saúde Shop.